Como utilizar los stop loss

Los mejores corredores de opciones binarias 2020:
  • Binarium
    Binarium

    1er lugar! El mejor broker de opciones binarias!
    Ideal para principiantes! Entrenamiento gratis! Bonos de registro!

  • FinMax
    FinMax

    2do lugar! Gran corredor!

Conheça o Stop Loss! Veja como ele pode salvar seus investimentos

Entenda o que são essas ordens, como funcionam e como usá-las para se proteger de grandes perdas

No mercado de ações, nem sempre a situação caminha como o nosso esperado. Muitas vezes uma ação que acreditamos que nos dará lucro pode mudar de rumos e começar a cair. Nesses momentos é preciso ter calma e saber como reagir às adversidades.

A ordem Stop Loss é o seu plano B, o seu poder de reação quando o mercado evolui ao contrário do que você esperava. Ele irá limitar suas perdas e impedir que o seu prejuízo continue aumentando indefinidamente.

Imagine que você comprou ações de uma empresa, acreditando em sua alta, e de repente uma reviravolta ocorre no mercado e as ações começam a despencar.

O Stop Loss é uma ordem de venda disparada automaticamente quando suas ações atingem o limite de perda que você deixou programado. E então, mesmo que você não veja o momento em que isso ocorre, suas ações são vendidas, interrompendo seu prejuízo e impedindo que ele se torne muito maior.

Este é um mecanismo de proteção indispensável para os seus investimentos. Saber como investir na bolsa de valores de forma segura e correta é, antes de mais nada, estabelecer limites e saber quanto você está disposto a perder, seja para investimentos de longo prazo, curto prazo ou Day Trade .

Quer aprender a investir da forma correta? Veja um curso completo!
Como investir na Bolsa de Valores

A ordem de limite não impede que você tenha perdas, mas é o que faz com que você tenha domínio sobre a situação, ao invés de apenas deixar que as ondas do mercado te guiem.

Ou seja, o objetivo de colocar uma ordem de limite de perda é óbvio: Desfazer-se da ação antes que ela caia ainda mais.

Como funciona o Limite de Perda

O significado de Stop Loss é “parar a perda”, e ele funciona da seguinte forma: Quando você lança uma ordem de compra no Home Broker da sua corretora, você pode deixar programado o máximo de perda que está disposto a sofrer. Assim, se a ação atinge esse preço, o seu limite de perda se torna uma ordem de mercado , o que significa que sua ação será vendida imediatamente pelo melhor preço de mercado.

Los mejores corredores de opciones binarias 2020:
  • Binarium
    Binarium

    1er lugar! El mejor broker de opciones binarias!
    Ideal para principiantes! Entrenamiento gratis! Bonos de registro!

  • FinMax
    FinMax

    2do lugar! Gran corredor!

Por exemplo:

Vamos supor que você decida comprar ações PETR4 (Petrobras) na cotação de R$11,85, acreditando que elas irão subir e te proporcionar um bom lucro. Porém o cenário não evolui como você esperava e as ações começam a cair, chegando a um patamar de R$11,49, com 3% de prejuízo em poucas horas.

Seria um grande prejuízo caso você não tivesse limitado que só estaria disposto a perder 1%, colocando seu limite de perda em R$11,73.

Como você se protegeu antecipadamente, quando as ações começaram a cair e chegaram próximo ao limite de R$11,73, a sua corretora lançou uma ordem para vendê-las. Assim, você teve um prejuízo menor do que investidores desavisados, que permaneceram posicionados por acreditarem que a ação voltaria a subir ou porque não estavam atentos ao mercado naquele momento.

Para entender essa situação hipotética em números, se você tivesse investido R$10.000 em ações da Petrobras, você teria limitado seu prejuízo em R$100,00 ao invés de perder R$300,00.

Seria um grande alívio, não acha?

Risco x Retorno – O stop loss seguro

Agora que você entendeu a importância desse tipo de ordem, você provavelmente irá se perguntar: Então, qual é o limite de perda seguro e ideal?

Muitos investidores discutem sobre uma regra ou um percentual adequado para essa estratégia de proteção, porém não existe um consenso. A verdade é que o ponto ideal de limitar a perda é subjetivo e variável, dependendo de cada ação e das oscilações que ela vem tendo, assim como da sua tolerância ao risco também.

Podemos então citar 2 principais pontos de referência para estabelecer seu limite de perda:

  1. Uma relação de Risco x Retorno compatível;
  2. Acompanhamento da Análise técnica de ações.

No mercado de ações , assim como nos outros investimentos, normalmente risco e retorno são proporcionais. Se você não está disposto a correr riscos, provavelmente você terá que se conformar com menores resultados ou até mesmo ficar no zero a zero. Agora, se você tem uma relação de risco e retorno mais equilibrada, você provavelmente estará mais próximo de alcançar seus objetivos.

Já a análise técnica de ações é a sua melhor aliada para entender as oscilações do mercado e as possíveis tendências futuras. É muito importante que seu limite de perda esteja então de acordo com os padrões de como aquela ação geralmente se comporta, e é a análise técnica que irá lhe entregar essa resposta.

Eu sei que pode parecer complicado, mas não se preocupe! Você não precisa tomar todas essas decisões sozinho. No Toro Radar recomendamos aos nossos clientes as melhores oportunidades da bolsa em tempo real, indicando o momento de comprar e de vender cada ação. E quando enviamos uma recomendação de compra, já sugerimos pra você em que ponto posicionar seu limite de perda.

Veja por exemplo esta recomendação das ações CSNA3 , da Companhia Siderúrgica Nacional – CSN.

  • Preço de compra é o valor atual da ação, o qual acreditamos ser uma boa oportunidade de compra.
  • Preço máximo quer dizer que não se deve comprar caso a ação já tenha passado deste ponto.
  • Objetivo é qual o lucro pretendido nesta operação.
  • E Stop Loss, o limite de perda recomendado.

Mas, na Toro, você não precisa se preocupar com nada disso. Nós recomendamos as melhores oportunidades da Bolsa, e você só precisa escolher em qual ação deseja aplicar, qual o valor, e a gente faz todo o resto para você.

Como configurar sua ordem

Ao cadastrar sua ordem no Home broker , você provavelmente irá se deparar com dois campos:

  • Preço de Disparo
  • Preço de Limite

Pense comigo: Vamos supor que como no exemplo anterior – das ações CSNA3 – a sua intenção era posicionar o limite de perda em R$10,51. Caso o pior cenário ocorra e as ações atinjam este valor, sua ordem de venda será enviada, mas por qual valor você irá realmente conseguir vender suas ações?

É por isso que você precisa então estipular um preço para disparar a ordem e um preço limite para que ela seja vendida, afinal o mercado oscila muito rapidamente e até que sua ordem seja executada este preço já pode ter mudado.

O que você pode fazer então é colocar o seu preço de Disparo em R$10,54 e o seu preço de limite em R$10,51, centavos de diferença.

  • O Preço de Disparo é o valor que, se a ação alcançar, irá disparar sua ordem de venda.
  • O Preço Limite é até que valor você está disposto a vender, que é o valor da sua ordem de fato.

Então não necessariamente sua ação será vendida por R$10,51, mas no melhor preço disponível à partir de R$10,54.

Ordens saltadas

Essa possibilidade de configurar um preço para o disparo e outro para o limite de perda é muito importante para evitar que sua ordem seja saltada, ou seja, para que não haja um “Furo de stop”.

Como falamos anteriormente, o que acontece é que os movimentos do mercado são muito rápidos, e quando sua ordem for lançada pode ser que o valor já tenha mudado e você não consiga vender as ações no preço estipulado.

Caso você só tenha o preço de venda e sua ordem seja saltada, ela fica em aberto no Book de Ofertas, “aguardando”. E então ela só será executada caso os preços retornem àquele patamar.

Uma outra forma da sua ordem ser saltada é quando a queda da ação é tão brusca que é como se o preço nem tivesse passado por aquele limite. E então pode ser que ele pule tanto o preço de disparo quanto o preço limite. Isso é muito comum quando há o chamado “gap” entre o preço de fechamento do dia anterior e o preço de abertura do dia.

Neste momento é importante ter jogo de cintura, reavaliar a estratégia e contar com a ajuda de profissionais qualificados.

Quer saber ainda mais sobre mecanismos de proteção para investir na bolsa?
Veja nosso artigo – Manejo de Risco

Vale lembrar que lançar uma ordem de limite de perda não tem nenhum custo adicional. Como a ordem só será utilizada para encerrar a operação em caso de perda, ela funcionará como uma ordem de encerramento normal.

Ou seja, como em qualquer outra operação, você terá apenas duas ordens efetivas: uma ordem de compra e uma de venda.

Stop Gain e Start

Imagino que neste ponto você já entendeu exatamente como funciona o Limite de Perda e sua imensa importância como mecanismo de proteção. Agora, vamos entender outros dois tipos de ordem que você pode precisar.

O Stop gain é o inverso do Loss, e funciona para garantir seus lucros ao invés de correr o risco da ação, que estava subindo, começar a cair antes que você venda.

Ou seja, se você comprou ações a R$10,00 esperando ganhar R$0,10 por ação, você posiciona o seu Stop gain em R$10,10. Caso a ação alcance esse valor, sua ordem é disparada e sua ação é vendida automaticamente.

Neste ponto você pode me perguntar: mas pra quê limitar meus ganhos?

Simples. Nenhuma ação cai ou sobe pra sempre. Imagine então que a ação que você comprou suba ao patamar de R$10,10 e logo depois comece a cair, encerrando o dia em R$9,90.

Por isso, muita vezes é melhor colocar o lucro no bolso ao invés de correr mais riscos. E é pra isso que esta ordem serve.

Você sabia que além de comprar ações para lucrar com sua valorização também é possível fazer o contrário e lucrar com sua queda? É isso mesmo! Se você acredita que uma ação irá cair, você também pode usar isso a seu favor e obter lucros com o que chamamos de Short Selling, ou Operação de Venda.

Neste caso é como se você pegasse uma ação emprestada, vendesse ela e depois comprasse mais barato para devolvê-la ao dono. E então você torce para que o preço da ação caia para que você compre mais barato.

Sendo assim, o Stop Loss não funcionaria, certo? Afinal, o seu objetivo é comprar quando o preço cair e não vender.

Por isso existe o Start, também conhecido como Stop de Compra. Ele funciona da mesma forma, porém para uma operação de venda. Ou seja, quando o preço atingir o seu limite, você enviará uma ordem de compra no mercado ao invés de uma de venda, evitando que você tenha que comprar a ação por um preço muito mais alto do que você vendeu.

Imagine que você acreditava que as ações VALE5 , da mineradora Vale, iriam cair após a divulgação do balanço da empresa. Você então decide vender ações a um preço de R$14,00, visando um lucro de R$0,10 quando as ações caíssem a R$13,90.

Porém a companhia divulga um balanço positivo e as ações começam a subir, atingindo um valor de R$14,20. Caso você quisesse limitar sua perda em 0,5%, você teria que configurar um Start com Preço de Disparo próximo a R$14,04 e um Preço Limite de R$14,07.

Resumo – Pontos importantes

Eu sei que são muitos detalhes, mas agora você tem todas as informações a respeito de como se proteger com essas ordens, e não se preocupe, pois nós continuaremos te ajudando.

Vamos então recapitular alguns pontos importantes:

O Stop Loss serve para limitar as suas perdas, impedindo que você perca muito mais do que está disposto.

O Stop Gain serve para garantir o lucro que você já obteve, evitando que você termine no zero a zero ou com prejuízos, caso a ação volte a cair após o lucro.

O Start é o limite de perda das operações de venda.

Sua ordem será enviada quando a ação atingir o Preço de Disparo.

Preço Limite é o valor limite que você está disposto a comprar/vender a ação, o valor da sua ordem.

Se você pretende ficar sem contato com o mercado, por exemplo em férias, colocar ordens de limite de perda é a forma de se proteger contra um desastre inesperado.

Essas ordens não evitam perdas, apenas tentam te prevenir estabelecendo um limite. Quando uma catástrofe atinge uma ação, ela pode cair tão rápido que o melhor é ter esperança de ter encerrado perto do limite de perda.

Domina la función Stop-Loss y Take-Profit

La gestión Stop-loss y Take-profit (SL/TP) es uno de los conceptos más importantes del Forex. Una comprensión profunda de los principios y mecánica subyacentes es esencial en el trading FX profesional.

El Stop-loss es una orden que envías a tu broker de Forex para que cierre una posición automáticamente. El Take-profit funciona prácticamente de la misma forma, te permite bloquear tu beneficio cuando se alcanza un cierto nivel de precio. Por tanto, el SL/TP se usan para abandonar el mercado. Preferiblemente, de forma adecuada y en el momento correcto. Existen muchas estrategias, que hacen que el proceso de toma de decisiones sea más difícil, pero también proporcionan al trader oportunidades adicionales.

El menú de personalización del SL/TP es accesible en la esquina superior derecha

Abrir órdenes stop-loss

¿Qué es el stop-loss y por qué querría alguien usarlo al operar? Al abrir una orden stop-loss, determinas la cantidad de dinero que estás dispuesto a arriesgar para cada operación en particular.

La plataforma de trading IQ Option calcula dicha cantidad como porcentaje de tu inversión inicial. Recortar pérdidas en el momento adecuado es una habilidad que todo trader deberá aprender tarde o temprano si quiere alcanzar un cierto grado de éxito. Los traders profesionales creen que es sabio ajustar el stop-loss según las condiciones del mercado, y no solo la cantidad de dinero que estés dispuesto a sacrificar. Tomar también el análisis técnico en consideración puede ser práctico. Y recuerda, la mayoría de los traders están de acuerdo: es vital saber cuando cerrar una operación, incluso antes de abrir la posición.

Existen tres formas principales de determinar puntos de stop-loss óptimos:

Stop por Porcentaje. Determina la posición del stop-loss en base a la cantidad de capital que estás dispuesto a arriesgar en cada momento concreto. El Stop-Loss, en este caso, estará fuertemente determinado por tu capital total y la cantidad de dinero invertida. Recuerda que los expertos abogan por no invertir más del 2% de tu capital de trading en cada operación.

Stop por Gráfico. Este método está más orientado al análisis técnico que los otros. Resulta que, los niveles de soporte y resistencia también puede ayudarnos a determinar puntos óptimos de SL/TP. Establecer un stop-loss más allá de los niveles de soporte/resistencia es una forma de hacerlo. Cuando el mercado opera fuera de estas áreas, hay una buena probabilidad de que la tendencia siga en tu contra. Es hora de recuperar lo que te quede de inversión.

Stop por Volatilidad. La Volatilidad es algo que los traders no querrán perderse. Difiere drásticamente de un activo a otro, por lo que tiene un impacto tremendo en tus resultados de trading. Saber cuanto puede llegar a desplazarse un par de divisas o una acción, puede ayudarte enormemente a determinar puntos de stop-loss óptimos. Los activos más volátiles pueden requerir una mayor tolerancia al riesgo y por tanto, mayores niveles de stop-loss.

Las Bandas de Bollinger son un indicador usado para estimar la volatilidad del mercado

Puede ser una buena idea crear tu propios sistema SL/TP, combinando diferentes enfoques. Deberá estar basado en tu estrategia de trading y en las condiciones del mercado.

Si usas SL/TP no tienes la obligación de esperar hasta que se alcance el nivel de precio predeterminado. Tienes la libertad de cerrar la operación en caso de que el mercado muestre un precio de acción desfavorable. Pero al mismo tiempo, no dejes que tus emociones intervengan. ¿Has notado alguna vez lo devastador que puede ser operar llevado por tus emociones? Ocurre lo mismo cuando estableces órdenes stop-loss y le das suficiente tiempo a tu estrategia de trading para que se valide a sí misma.

Un Stop-loss no es simplemente el punto de salida, un buen stop-loss está destinado a convertirse en un “punto de invalidación” para tu actual idea de trading. En otras palabras, debería ser capaz de probar que la estrategia escogida no funciona. De lo contrario, sería buena idea esperar.

Abrir órdenes take-profit

El Stop-loss y el take-profit funcionan prácticamente de la misma forma, pero sus niveles se determinan de manera diferente. Las señales del Stop-loss sirven al propósito de minimizar las pérdidas de una operación fallida, mientras que las órdenes take-profit proporcionan a los traders la oportunidad de coger el dinero en el momento álgido de la operación.

Recoger el beneficio en el momento adecuado es tan importante como establecer señales óptimas de stop-loss. El mercado siempre fluctúa y lo que parece una tendencia positiva puede convertirse en una derrota en cuestión de segundos. Algunos dirían que siempre es mejor llevarse beneficios tangibles ahora a esperar demasiado y arriesgarse a perder tus potenciales ganancias. Ten en cuenta que no dejar que tus beneficios crezcan lo suficiente y cerrar la operación prematuramente tampoco es bueno, ya que se comería una parte de tu posible beneficio. Esperar demasiado puede ser igual de perjudicial.

El arte de las órdenes take-profit es escoger el momento adecuado y cerrar la operación justo antes de que la tendencia esté a punto de invertirse. Las herramientas de análisis técnico pueden ser de gran ayuda a la hora de determinar puntos de inversión. Puedes escoger entre las Bandas de Bollinger, el Índice de Fuerza Relativa, o el Índice de Promedio Direccional. Estos indicadores son los que mejor funcionan con el propósito de gestionar el SL/TP.

El RSI puede ayudar a determinar posiciones óptimas de take-profit

Algunos traders pueden recomendarte usar un ratio 1:2 riesgo/recompensa. En tal caso, incluso si el número de pérdidas es igual al número de operaciones exitosas, seguirías generando ganancias a largo plazo. Considera encontrar el ratio riesgo/beneficio óptimo, que se adapte a tu estrategia personal y recuerda que no hay reglas universales que funcionen en todos los activos y para todos los traders por igual.

Cosas a recordar

Ten en cuenta que el SL/TP solo es una herramienta más en tu rico portafolio de trading. Las habilidades de trading no se limitan al uso correcto de los indicadores y a las órdenes stop-loss/take-profit. No dejes que ningún sistema automatizado opere por ti. Más bien úsalos para poder tener un mejor control sobre tus operaciones y emociones. Puede llevarte algún tiempo aprender lo básico de las órdenes SL/TP, pero una vez conseguido, dispondrás de otra habilidad de trading obligatoria.

NOTA:Este artículo no es un consejo de inversión. Cualquier referencia a movimientos de precio históricos o niveles es meramente informativo y está basado en análisis externos y no garantizamos que tales movimientos o niveles probablemente vuelvan a ocurrir en el futuro.
De acuerdo a los requisitos de la Autoridad Europea de Valores y Mercados (ESMA), el trading con opciones binarias y digitales solo está disponible para los clientes categorizados como profesionales.

ADVERTENCIA GENERAL DE RIESGO

Los CFDs son instrumentos complejos y conllevan un alto riesgo de perder su dinero rápidamente debido al apalancamiento.
El 87% de las cuentas de pequeños inversores pierde dinero al operar con CFDs con este proveedor.
Debería considerar si entiende cómo funcionan los CFDs y si puede permitirse correr el alto riesgo de perder su dinero.

Stop Loss e Stop Gain: o que é e como definir uma ordem

Equipe Toro Investimentos

8 min de leitura

Sabe o medo de investir na Bolsa de Valores causado pela possibilidade de perder dinheiro? Muitas pessoas o conhecem bem e até deixam de investir na Bolsa por causa dele. No entanto, existem muitas pessoas que encaram esse medo de frente porque sabem como diminuir os riscos na hora de investir.

Apesar de parecer algo inalcançável para investimentos de renda variável, você não leu errado.

Hoje, vamos falar sobre duas ordens que são usadas para determinar até qual ponto você pode perder ou até mesmo ganhar em uma operação.

Antes de começar a explicar o que é Stop Loss e Stop Gain, vamos te lembrar que os ativos negociados na Bolsa de Valores são caracterizados pela volatilidade dos preços, isso quer dizer que constantemente vemos os preços variando bastante de acordo com os movimentos do mercado.

É justamente por isso que acreditamos ser tão importante conhecer as formas de investir considerando essa movimentação e saber como suavizar os riscos que ela traz.

O que é Stop Gain e Stop Loss?

Se você atua já atua no mercado financeiro, provavelmente em algum momento ouviu falar sobre stop loss e stop gain. Em alguns casos, também se pode usar stop e objetivo para falar sobre esses mesmos mecanismos.

Essas expressões são muito conhecidas e usadas por quem investe com estratégia e segurança na Bolsa de Valores.

O que é Stop Loss?

O Stop Loss é uma ordem de venda programada para ser disparada automaticamente, caso o valor do ativo atinja o percentual de perda determinado pelo investidor.

Como falamos, a volatilidade é algo presente nesse mercado, por isso, nem sempre um ativo tem o desempenho esperado.

Assim, a forma de evitar que você tenha um prejuízo que não seja controlado, é criar uma ordem de Stop Loss para que, ao chegar em um limite de perda definido por você, esse ativo seja vendido.

Chamamos o Stop Loss de limite de perda porque é ele que vai garantir que você não perca todo o dinheiro investido caso o cenário esperado não aconteça. Na renda variável, não há como saber antecipadamente qual será o resultado de uma operação.

Por isso, o Stop Loss é tão importante: ele é capaz de controlar o prejuízo, encerrando a operação antes que seja tarde demais.

Imagine que você comprou ações de uma empresa por R$50,00 acreditando na valorização deste papel no curto prazo. Contudo, o mercado apresentou um movimento que você não esperava e, rapidamente, essa ação começou a se desvalorizar.

Em pouco tempo, o ativo passou a custar R$48,00, registrando cerca de 4% de desvalorização. Se você tivesse comprado um lote de 100 ações, seu prejuízo seria de R$200.

E imagine que, nesse exemplo, o cenário foi tão negativo que as ações continuaram caindo e chegaram a custar R$40. As perdas seriam ainda maiores: de R$1.000.

Imagine esse exemplo com o Stop Loss. Vamos supor que você se dispôs a perder apenas 2%, e estabeleceu esse limite de perda na hora de investir.

Dessa forma, assim que as ações chegassem ao preço de R$49,00 elas seriam vendidas automaticamente. Com isso, seu prejuízo seria de R$100.

Parece estranho aceitar perder dinheiro, não é? Mas é melhor perder menos do que perder tudo, concorda?

O Stop Loss é uma forma de você suavizar seu risco e ter domínio sobre a situação, evitando que o movimento do mercado gere prejuízos maiores para você.

O que é Stop Gain

A ordem de Stop Gain funciona de uma forma muito parecida com a de Stop Loss. A diferença entre eles é que o Stop Gain te ajuda a vender um ativo quando o valor estiver dentro do que você espera, evitando que uma possível desvalorização prejudique seus lucros.

Apesar de parecer meio estranho o fato de limitar seus ganhos, faz muito sentido.

Afinal, um ativo não vai apresentar valorização para sempre, portanto, você precisa aproveitar esse momento antes que o cenário positivo acabe.

Veja como isso funciona em um exemplo: imagine que você comprou ações por R$50,00. Observando os movimentos do mercado, você percebeu que há boas chances da ação chegar a R$51,00 antes de começar a se desvalorizar. Então, você determina a ordem de Stop Gain no patamar de R$51,00. Assim, caso a ação chegue a esse valor, a ordem será disparada e sua ação será vendida automaticamente.

Percebe a vantagem que essa ferramenta oferece? O Stop Gain é uma forma de garantir que você consiga um resultado positivo com seus investimentos na Bolsa, evitando que uma mudança do mercado interfira no seu planejamento e atrapalhe seus rendimentos.

Outra forma de utilizar o Stop Gain é quando você estiver investindo na queda de uma ação.

Isso significa que você está esperando uma ação cair de preço para comprá-la mais barata. Assim, esse mecanismo ajuda a evitar que a ação se valorize além do esperado.

Portanto, podemos dizer que os mecanismos de Stop Loss e Stop Gain são fundamentais para proteger seus investimentos e aumentar suas chances de sucesso. Para você conseguir investir na Bolsa de Valores com segurança, é preciso entender esses limites e saber suavizar os riscos.

Além disso, a chave para o sucesso é aprender sempre e entender que o mercado é bastante dinâmico. Esse aprendizado é que vai te ajudar a investir para aproveitar essa movimentação constante.

Como utilizar as ordens de Stop Loss e Stop Gain

Agora que você já sabe o que é Stop Loss e Stop Gain, é importante saber como utilizar esses mecanismos para proteger seus investimentos.

O primeiro passo é compreender que Stop Loss e Stop Gain são ordens que devem ser estabelecidas na hora que você vai investir.

Como já explicamos, o Stop Loss é a garantia de que perdas serão paralisadas imediatamente, impedindo que se transformem em um problema ainda maior. Dessa forma, ao fazer um investimento, a definição de um limite de perda já deve estar presente no planejamento.

Já o Stop Gain, é a garantia de que você não vai perder um momento em que seus ativos estiverem valorizados da forma como você espera.

Isso também deve ser definido no planejamento, para que você não deixe passar uma boa oportunidade de atingir bons resultados.

Com isso, você precisa definir o Stop Loss e Stop Gain diretamente na plataforma da corretora de valores. Achou complicado fazer isso por conta própria? Tranquilo. Aqui na Toro, você consegue configurar essas ordens de uma maneira bem simples, rápida e eficiente.

Ao escolher uma oportunidade recomendada pelo nosso time de especialistas, você tem acesso às principais informações sobre ela.

Antes de investir, você pode adequar o valor que quer aplicar e os limites de perda e de ganho são recalculados de acordo com a quantia que você definiu. Isto é, o Stop Loss e o Stop Gain são ajustados automaticamente nas nossas recomendações.

Desse jeito, você já investe sabendo o quanto você pode ganhar, e, principalmente, o máximo que pode perder caso o cenário esperado não aconteça. Portanto, você consegue aproveitar as melhores oportunidades do mercado e ainda se prepara de forma estratégica para lidar com possíveis mudanças.

Qual a diferença entre Stop Loss, Stop Gain e Stop Móvel?

Já falamos aqui sobre Stop Loss e Stop Gain, agora chegou a hora de falarmos sobre um outro tipo de ordem que você pode encontrar no mercado financeiro: o Stop Móvel.

Você se lembra que explicamos que Stop Loss é um limite de perda e o Stop Gain é um limite de ganho, certo?

Diferentemente dos mecanismos que falamos lá em cima, o Stop Móvel é um tipo de ordem que permite automatizar o ajuste do seu Stop Loss à medida em que o preço do ativo varia. Ele é interessante porque protege o seu lucro ou diminui a sua perda.

Como funciona na prática? Bem, antes de mais nada, precisamos entender 4 conceitos para posicionar o Stop Móvel:

  • Preço de disparo = limite em que sua ordem de Stop Loss será enviada.
  • Preço ou preço limite = preço da ordem enviada quando é atingido o seu preço de disparo.
  • Preço de início do Stop Móvel = valor que o ativo deve atingir para que o Stop Loss seja ajustado.
  • Ajuste = valor que será usado para ajustar o Stop Loss.

Lembra do exemplo que usamos nos blocos anteriores? Imagine uma ação da Petrobras a R$50 e você acredita que, diante dos dados que viu do mercado, ela vai se valorizar. Para utilizar o Stop Móvel, você pode definir o seu Stop Loss com preço de disparo em R$48 e o limite em R$47,50.

Nesse caso, o preço de início do Stop Móvel seria definido em R$52,00 e o preço de ajuste a R$0,50. Seguindo o que você havia planejado, as ações PETR4 evoluíram e chegaram a R$52,00. Com isso, o preço de disparo do Stop Loss será ajustado em R$0,50 para R$48,50 e o preço limite para R$48,00.

Desse momento em diante, a valorização dessa ação acima de R$52,00 poderá ajustar o Stop Loss novamente.

No entanto, precisamos destacar um
detalhe: cada corretora pode definir regras específicas para esse mecanismo.

Então, é sempre bom conversar com um profissional da sua corretora antes de começar a investir.

Viu só como entender sobre o funcionamento desse mercado pode te ajudar a proteger seus investimentos e aumentar suas chances de ter melhores resultados? É por isso que sempre batemos na tecla de que aprender é fundamental.

Cuidados para usar Stop Loss e Stop Gain na Bolsa de Valores

O principal ponto de atenção que você deve ter na hora de executar ordens de Stop Loss e Stop Gain diz respeito ao valor a ser programado. Muitas pessoas que investem na Bolsa de Valores costumam criar regras sobre o valor exato, porém é preciso sempre considerar o seu objetivo e a sua tolerância ao risco.

Falamos sobre a definição desses mecanismos de acordo com o valor de um ativo e seu potencial de valorização, mas é preciso considerar também o risco e o retorno que ele pode oferecer.

Normalmente, investimentos mais arrojados possuem maiores riscos, mas podem oferecer melhores rendimentos também.

Novamente, vale sempre analisar até que ponto você tem disposição para se expor a esses riscos em busca de resultados melhores.

Apesar de serem muito importante para a segurança de uma operação na Bolsa de Valores, alguns investidores não utilizam o Stop Loss e Stop Gain por achar que eles atrapalham os ganhos.

Essas ferramentas são importantes e devem ser utilizadas sempre para aumentar a segurança do seu investimento.

Pense no cinto de segurança que você usa quando está passeando de carro. Ele pode até causar certo incômodo, mas você sabe que ele pode salvar a sua vida caso ocorra um acidente.

No caso do Stop Loss e Stop Gain, a ideia é parecida. Ajustá-los pode parecer uma tarefa chata, mas quando usados da forma certa eles podem evitar grandes prejuízos para o seu bolso.

Um outro ponto de atenção é o momento certo para a execução dessas ordens. É comum encontrarmos casos de pessoas que não tiveram sucesso ao executar ordens de Stop Loss e Stop Gain por problemas com o horário programado.

Essas ordens devem ser programadas durante o pregão da Bolsa de Valores. Se você programar em um horário que a Bolsa não esteja funcionando, provavelmente sua ordem não será válida e você não conseguirá limitar sua perda.

Não tem como negar que Stop Loss
e Stop Gain ajudam você a cuidar
melhor dos seus investimentos.

Vale destacar que você não está livre do risco e esses mecanismos não vão impedir que você tenha perdas. Porém, é possível se programar para controlar esses prejuízos, quando eles surgirem.

Existe um mito de que é impossível investir na Bolsa de Valores com segurança e que os resultados dependem apenas da sorte. Este pensamento é completamente equivocado e pode ser combatido com estratégia e conhecimento sobre o mercado.

Observando o mercado com atenção é possível saber a hora certa de investir e o método correto para assegurar seu investimento.

A boa notícia é que você não precisa
fazer isso tudo por conta própria.

A Toro facilitou a forma que você investe na Bolsa de Valores. Usamos toda experiência que nossos profissionais possuem para analisar as melhores oportunidades do mercado e passar para você, assim fica mais fácil encontrar alternativas que podem gerar bons resultados.

Los mejores corredores de opciones binarias 2020:
  • Binarium
    Binarium

    1er lugar! El mejor broker de opciones binarias!
    Ideal para principiantes! Entrenamiento gratis! Bonos de registro!

  • FinMax
    FinMax

    2do lugar! Gran corredor!

Opciones binarias de la A a la Z
Deja un comentario

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: